sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Lei de Murphy do Natal

Olá queridos ouvintes!

Mais uma sexta-feira e eu aqui, com vocês. *-*  Btw, hoje é aniversário do meu pai, vamos lá, todo mundo cantando parabéns quando eu dizer "já"!


...

Mas enfim, hoje eu vim falar da Lei de Murphy. Todo mundo sabe o que é, né? Ok, deixa eu colar uma explicaçãozinha da tia wiki:



Lei de Murphy é um adágio popular da cultura ocidental que afirma: "Se alguma coisa pode dar errado, com certeza dará" ou "Se há mais de uma maneira de se executar uma tarefa ou trabalho, e se uma dessas maneiras resultar em catástrofe ou em consequências indesejáveis, certamente essa será a maneira escolhida por alguém para executá-la". Ela é comumente citada (ou abreviada) por "Se algo pode dar errado, dará" ou ainda "Se algo pode dar errado, dará errado da pior maneira, no pior momento e de modo a causar o maior estrago possível".
É oriunda do resultado de um teste de tolerância à gravidade por seres humanos, feito pelo engenheiro aeroespacial norte-americano Edward A. Murphy. Ele deveria apresentar os resultados do teste; contudo, os sensores que deveriam registrá-lo falharam exatamente na hora. Frustrado, Murphy disse "Se este cara tem algum modo de cometer um erro, ele o fará" — em referência ao assistente que havia instalado os sensores. Daí, foi desenvolvida a assertiva: "Se existe mais de uma maneira de uma tarefa ser executada e alguma dessas maneiras resultar num desastre, certamente será a maneira escolhida por alguém para executá-la". Mais tarde, o teste obteve sucesso. Durante uma conferência de imprensa, John Stapp, que havia servido como cobaia para o teste, atribuiu ao fato de que ninguém saiu ferido dos testes por levarem em conta a Lei de Murphy e explicou as variáveis que integravam a assertiva, ante ao risco de erro e consequente catástrofe.

...

Ok, muito blablablá. Não sei nem o que é "adágio" .

Dicionário: Adágio =  Espécie de provérbio que recorda com seriedade o que é usual; máxima, sentença popular.

Ok, tanto faz. Mas vou copiar aqui algumas Leis de Murphy, pra vocês entenderem melhor na prática, ok?
  •   Se alguma coisa pode dar errado, dará. E mais, dará errado da pior
maneira, no pior momento e de modo que cause o maior dano possível.


  •   Se há possibilidade de várias coisas darem errado, todas darão - ou a que
causar mais prejuízo.

  •   Se você perceber que uma coisa pode dar errada de 4 maneiras e conseguir
driblá-las, uma quinta surgirá do nada.

  •   Seja qual for o resultado, haverá sempre alguém para:
a) interpretá-lo mal. b) falsificá-lo. c) dizer que já o tinha previsto em
seu último relatório.

  •   Quando um trabalho é mal feito, qualquer tentativa de melhorá-lo piora.

  •   Acontecimentos infelizes sempre ocorrem em série.
 
  • Toda vez que se menciona alguma coisa: se é bom, acaba; se é ruim,
acontece. 

Leia mais aqui

Enfim, entenderam, né? Ótimo. Mas aqui estou eu, para apresentá-los a Lei de Murphy do Natal. Ou a Lei da Laah do Natal, mas você entenderam:


No amigo secreto/oculto, você NÃO vai tirar seu melhor amigo. Apenas aquele que você não tem quase nenhuma intimidade.

Gente, isso é um fato. Ok, exceções acontecem, milagres também, mas pode apostar que isso vai acontecer na maioria das vezes. É incrível. E assustador também. 

Mas ok, agora eu vou lá, tenho que comprar o presente do amigo secreto da garota da outra rua que eu quase não falo e não tenho ideia de que presente dar.
Beijo grande, se cuidem!

. (pra quem não entendeu eu disse que era pra cantar parabéns pro meu pai quando eu disse "já " e..)

2 comentários:

Ree disse...

eu NUNCA peguei alguém que eu conhecesse, mesmo que um pouco ):
FFU-

john disse...

nao concordo com essa lei de murphy aí. as vezes é possivel fazer dar certo, mas enfim.

agora essa lei da laah aí é pura verdade, quem foi a gênia que criou?

Postar um comentário