quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Ereções 2010 - pt 1

Desde criança tenho um envolvimento por mais que indireto com a política. As eleições presidenciais de 2002 é que me ensinaram o valor de uma refeição a mesa, eu chegava do colégio e ia direto para o sofá da sala assistir Chaves, minha vó trazia meu almoço e eu comia vidrado na telinha, mas a partir do momento que o Chaves foi substituído por várias pessoas chatas com roupas chatas falando coisas chatas eu chegava em casa desanimado, não ia mais pra sala, eu parava na cozinha, tirava minha própria comida, pegava minha colher na gaveta e ficava com os cotovelos em cima da mesa mal-humorado mastigando com a boca aberta.

Porém, agora eu agradeço, quando eu comecei a entender ao menos um pouco de política eu fiquei ansioso de algum dia poder votar, me sentia poderoso com a idéia de que eu escolheria o próximo presidente, governador, senador, prefeito, vereador e até o sindico do prédio. Conforme eu fui crescendo e entendendo um pouco mais, percebi que não era bem assim, mas de qualquer forma ainda valia à pena. Procurando por uma definição de “política” encontro explicações como: Ciência do governo das nações; Esperteza, finura, maquiavelismo. Nada que me faça raciocinar plenamente, pergunto a um amigo a definição de política para ele, e vem a resposta “Estudo que trata dos problemas da sociedade.” E na linha seguinte: “DEFINIÇÃO BONUS - defina político: fdp. com todo o respeito à mãe deles é claro

Talvez seja assim que todos se sentem, sinceramente pensei que somente eu me sentia assim, no começo do ano lá estava eu todo pimpão no cartório eleitoral pra tirar meu titulo, outro momento de fracasso, acho que não estou psicologicamente preparado pra votar em minorias e muito menos escolher quem eu quero que me roube. Sabe, desde então já comecei a procurar o candidato ideal, pelo menos para presidente, certas políticas de estado não me convêm.

“E esse escândalo da filha do Serra?

Escândalo chato. Eu quero quebrar o sigilo da Cléo Pires”

O auge do ano de eleição foi o início da propaganda eleitoral gratuita, me nego a fazer comentários em relação às piadas do Tiririca, mas como eu não obedeço nem a mim mesmo eu vou me ignorar e escrever, Sim, as piadas dele são boas, mas p*taqueoparil! Como alguém que não tem embasamento algum se canditada a um cargo desses [deputado federal] , e ainda mais é apontado nas pesquisas com enormes intenções de voto? Ele é um biombo, é só pra arrecadar votos, e o os colegas de partido vem junto com número de votos nada significativos mas que vão roubar baldes!

Se bem que, se algum desses souber fazer alguma coisa de verdade na política eu não ligo, mesmo. De qualquer maneira no geral, Brasília é mesmo um circo, leia José Simão, o esculhambador geral da nação para entender melhor.

Agora com a aproximação das eleições eu tenho uma única coisa em mente, vou fazer que nem a Vanusa na hora de votar, vou esquecer. RISONHO E LÍMPIDO. Um facepalm para a política brasileira, eu sinto vergonha, virou brincadeira, mais um ponto para os antigos gregos, eles entendiam e levavam a sério. Nós agora não, para escolher um candidato eu tive que antes de ver se as propostas são boas, se o candidato é sério! Não reclamo do Clodovil, a culpa nem foi minha, não sei se ele fez alguma coisa que preste, e eu nem sei se ele vai “agulhar” os políticos de Brasília, por que jovem vota em jovem! peroba neles!

“Direto do país da piada pronta: O Lula já está preparando a Dilma para televisão: Como treinar o seu Dragão! Em 3D e high definition! Agora pula! Agora solta fogo pelas ventas! E avisa para o Serra não chorar por estar perdendo nas pesquisas: Sempre tem um pedágio no fim do túnel! Aliás esse devia ser o Slogan dele! Eu voto pela honestidade, se algum político falar que é cleptomaníaco eu voto nele! Tirem as crianças do Brasil!”





7 comentários:

HigorBRodrigues disse...

Eleições,me aparece cada coisa bizarra!

Anônimo disse...

Ereções 2010! hahahahaha

Leeh (: disse...

No fim do tunel sempre tem um pedagio, OISAOIIOSAOISUAHE eu ri !

john disse...

olha, as fotos dos candidatos estão quase iguais as da gente aqui no blog! rsrs

Gui disse...

Paz na Famíla! Quem me ensinou foi Enéas!

Aniceto Lopes disse...

Esses horarios eleitorais são o maior programa de humor que pode ter. :D

Um eleitor q vai votar esse ano disse...

Aniceto Lopes acertou em cheio. Cara, morri de rir com esse vídeo. "MEU NOME É LUCIANA!!!" KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK "Votem em meu marido... No meu filho... No meu irmão", fala sério... Alguém aqui já viu o vídeo da música da Heloísa Helena? eu me lacho de rir!!!!

Postar um comentário