quarta-feira, 29 de setembro de 2010

amor? pt 1

Gente, sinto muito os posts não estarem saindo uma maravilha. Esse semestre tá muito apertado pra mim. To cheia de trabalhos pra fazer, tenho uma feira de cultura (digamos que um "seminário"), to estudando que nem uma doida pra matemática (preciso de 10 na média D:) e eu mal to tendo tempo pra mim mesma. Sinto muito estar deixando vocês não mão, e eu entrei agora rapidinho no computador só pra postar e já já vou sair. Prometo que depois que isso tudo passar tudo vai ficar bem, a não ser que eu morra primeiro ;-;

Tem um garoto no twitter chamado @GuiReple e que sempre me ajuda muito com os tweets dele. Ele tem um ponto de vista das coisas que eu nunca reparei, e bem, aqui vai um texto dele:


"Já parou pra pensar que coisas boas demoram pra acontecer, e quando acontecem surgem fatos extraordinários,um atrás do outro. É como se lhe fosse apresentado a felicidade. Felicidade que certamente teve uma grande espera pra que acontecesse, e tem um curto prazo de duração.
Felicidade essa que não depende apenas de você. Amor? Que palavra é essa? Que sentimento é esse? QUE SENTIMENTO É ESSE que arranca lágrimas de tristeza,que machuca,que fere e muda o rumo da sua vida? Sentimento alimentado por falsas palavras...
Palavras que foram vomitadas pra você durante todo esse tempo,em momentos felizes,de harmonia...E quando o tempo passa e vem as dificuldades,você ouve tudo totalmente ao contrário,como se fosse um ato de hipocrisia. O amor seria hipócrita? Ou são as pessoas quem não sabem administrar com perfeição esse sentimento a ponto de torná-lo hipócrita?
Falsas palavras,promessas vazias e infundadas,contradição,lágrimas e dor. Esse é o tipo de amor que muitos conhecem. Pra ser sincero,uma grande maioria. É desse amor mesmo que estamos falando?
Quando eu era criança,sempre que me falavam essa palavra eu imaginava que era algo bom, prazeroso e que trouxesse a felicidade, algo que fizessem as pessoas perderem o medo,vencerem obstáculos e entregar-se de corpo e alma com sinceridade. Jurava que fosse um sentimento de compartilhamento, que nem fatias de bolo de aniversário. Sim,bolo de aniversário. Todo mundo está ali perto de você,e por instantes você tem a sensação de que é amado e bem aceito. Em seguida,você corta o bolo em fatias e sai distribuindo pedaços pra aqueles que estão presentes,aqueles que amam você... Eu pensei que com o amor fosse assim. Você dava um pouquinho pra cada pessoa que amasse você,cada pessoa que se mantivera próximo a ti. Mas acho que me enganei.
Quando você mais precisa de um alguém,esse alguém te vira as costas e diz estar disposto a tirar você de sua vida. Isso é realmente justo? E tudo aquilo que esse alguém havia dito antes? Lindas palavras, um belo conforto. Talvez poderiam preencher bem o livro de promessas não cumpridas.
Hoje,é um sentimento o qual desacredito. E falo isso com sinceridade. Como eu disse,o amor é hipócrita. Antes eu lutava ao seu favor,mas depois de tantas mágoas,tanta tristeza...Eu vi que eu estava errado. Amor não existe. Não pra mim.
A única certeza que tenho é de que o amor magoa,machuca,fere e comete equívocos. Mas o amor jamais ABANDONA.
E corrija-me apenas se eu estiver errado. "

Bem gente, apesar de muito triste esse texto e não concordar com muitas coisas que tem ai, eu só vou comentar no próximo post, pra que VOCÊ analise o texto e veja se concorda ou não, que tire suas próprias conclusões. Ta certo que o amor é um sentimento lindo e tal, mas MUITA gente sofre por causa dele. Semana que vem vai ser o meu ponto de vista sobre o lado "triste'' do amor e a introdução da parte boa, que vai ser a 2° parte. ê.

Me desculpem pelo post fajuto, mas é melhor que nada :/

beijos, e mil desculpa de novo

4 comentários:

Leeh (: disse...

nossa, PROFUNDO esse menino escreve mtmmt

larifest disse...

Rapaz, li essse texto e fiquei impressionada com o ponto de vista do autor do texto, na verdade achei bem parecido com algo que vivi a semanas passadas, talvez o texto não esteja totalmente correto, mas a maior parte do que está escrito, digo por experiencia própria, que tem um grande sentido.
Parabéns ao criador, realmente ele escreve muito bem. De antemão, quero que saiba que estou ansiosa pela segunda parte, quero saber o que nos reserva o próximo texto.

O Shaeskspeare disse...

Olha só... Tem um pequeno equívoco no texto desse rapaz. Quando uma pessoa sofre por amor é por que isso não é amor, é paixão. Paixão vem do grego e significa Passion (Dor, sofrimento)

Sheakspeare disse...

Olha só... Tem um pequeno equívoco no texto desse rapaz. Quando uma pessoa sofre por amor é por que isso não é amor, é paixão. Paixão vem do grego e significa Passion (Dor, sofrimento)

Postar um comentário