quinta-feira, 3 de junho de 2010

VOCÊ, seus Pais e sua Família


Tava falando com um amigo pelo Twitter, depois que ele leu sobre o meu post no IS&T, o SOBRE SER. Ele me falou que seus pais implicam até mesmo com as músicas que ele escuta, principalmente o ícone destruidor de conceitos LADY GAGA. Então o post de hoje será uma reflexão do meu post dentro de um contexto familiar, sobre o que você É e o que você PRECISA ser dentro de casa.

Eu nunca fui muito ligado a parte mais distante família. Nunca fui do tipo de chamar um colega de amigo ou chamar de senhor um velho que eu odiasse. Nunca. Acredito que família é aquele grupo de pessoas que consegue fazer com que você sinta uma segurança ANORMAL em ser QUEM VOCÊ REALMENTE É! Claro que se você for um bandido, estuprador ou o Hitler, você merece tomar um balaço na cara.

Agora, e se você for gay? E se você for hétero e quiser usar uma calça amarelo-limão? Se seus pais (ou amigos, foda-se) não querem aceitar essa sua EXPRESSÃO, como você pode chamá-los de família? Como você pode amar uma pessoa que simplesmente vai discordar e sentir VERGONHA do próprio filho? Uma pessoa que se importa com a própria imagem através da sua! O que fazer?

Simples, porém complicado: ABERTURA mental. Se não tiver uma espingarda, use seus truques jedi pra ir mudando a cabeça de seus pais aos poucos. Mostre a eles que a calça amarelo-limão possui, pra você, todo um contexto expressivo e VITAL, como se fosse a sua arma para lutar todos os dias dentro de um país tão individualista, cinza, feio e CRUEL.
 
Se isso não funcionar, USE MESMO ASSIM! Vão te chamar de rebelde, vão tirar sua internet, vão cortar seus órgãos reprodutores, mas TUDO BEM! Faz parte do processo. Continue usando a calça. No fim, eles verão que não vai adiantar PN amarrarem você. Da mesma forma que é impossível o Domingo Legal ser... LEGAL!

 Está na hora de quebrar o conceito de quem te cerca e aprender a não deixar de fazer o que AMA por causa dos outros. Por mais que você ame esses outros. A gente só tem uma chance nessa vida, então não deixe que a roubem de você. Não tema fazer a diferença.

Sua personalidade, seu CARÁTER, é a coisa mais importante que você tem. Mesmo indo contra todos, ele manterá sua dignidade. E é isso que importa. SEJA LIVRE!

- do garoto que anda chato de tão expressivo. Eu apenas cansei de ver as pessoas DANDO a vida delas para pessoas que deram a vida POR OUTRAS. Um ciclo que PRECISA acabar.

2 comentários:

zitch disse...

não tem como, eu amo os seus posts. ;-;

Doppel'. disse...

entre todos esse foi o que eu mais gostei, fodah cara (y)

Postar um comentário